fbpx

A McDonald's, juntamente com os seus parceiros Pactiv Evergreen, INEOS, Neste e LyondellBasell, vai testar a produção e utilização de copos de plástico transparente provenientes de plástico reciclado pós-consumo e materiais de base biológica, como óleo de cozinha reciclado.

De acordo com a McDonald's, os copos são provenientes de uma mistura na proporção 50-50 de material plástico reciclado e material derivado de biomassa, como plantas e óleo de cozinha reutilizado.

McDonalds copos transparentes2

O teste está a ser supervisionado pela TMS-HAVI, e os parceiros da McDonald's no desenvolvimento dos copos incluem a INEOS, Neste, Pactiv Evergreen e LyondellBasell. "Cada parceiro forneceu uma peça do puzzle que tornou este teste possível", diz a McDonald's sobre a colaboração.

Mike Nagle, CEO da INEOS Olefins & Polymers USA, comenta: "Acreditamos que o futuro dos materiais de embalagem tem de se tornar mais circular sempre que possível. Trabalhando em conjunto com os nossos clientes, podemos ajudá-los a cumprir os seus compromissos e compromissos nesta área. Levar os resíduos de plástico de volta ao processo produtivo é a definição final de reciclagem e vai criar uma abordagem verdadeiramente circular."

Os copos estarão disponíveis em 28 restaurantes selecionados em Savannah, Geórgia. Para os consumidores locais. A McDonald's aconselha que os copos possam ser lavados e depois colocados em qualquer caixote de reciclagem. No entanto, as tampas e palhinhas que acompanham os novos copos não são atualmente recicláveis. O objetivo é que os novos copos sejam idênticos aos já existentes na empresa. É pouco provável que os consumidores percebam qualquer diferença entre os copos anteriores e os novos, de acordo com a empresa.