fbpx

A Sappi e o fabricante de tecnologia de embalagem Syntegon Technology estão a unir esforços para soluções mais sustentáveis na indústria de confeitaria.

A Syntegon normalmente opera independentemente do material de embalagem e a Sappi independentemente das máquinas de embalagem. Porém, esperam que a sua experiência combinada traga benefícios aos clientes. As empresas da indústria da confeitaria, em particular, podem agora beneficiar de soluções de papel sustentáveis, graças à estreita cooperação entre as duas empresas.

Sappi em parceria com a Syntegon Technology

Por exemplo, um fabricante de chocolates alterou a embalagem de um dos seus produtos de material convencional para papel da Sappi, depois de instalar o kit de adaptação "paper-ON-form" da Syntegon nas suas máquinas de enchimento e vedação.

O kit de adaptação "paper-ON-form" garante uma modelação e vedação no processo de embalagem, mesmo a altas velocidades, para aplicações de vedação a frio. Isto pode ser opcionalmente integrado na nova tecnologia Syntegon, mas também pode ser adaptado a tecnologia mais antiga.

Um dos benefícios da nova parceria para os clientes da indústria de confeitaria é a consultoria. Uma análise das necessidades no que diz respeito aos requisitos do produto para a embalagem, bem como testes abrangentes de materiais, subsequentemente, garantem processos de embalagem sem problemas, dizem ambas as empresas.

"A proteção do produto é sempre primordial e é uma característica essencial de qualquer solução de embalagem", explica René Köhler, Head of New Business Development Packaging Solutions da Sappi. "Fatores como os ingredientes e o prazo de validade do produto desempenham um papel importante neste aspeto."

Para garantir uma segurança abrangente do produto, as soluções da Sappi oferecem barreiras integradas contra o oxigénio, vapor de água, gordura, aromas e óleo, garantindo a qualidade dos alimentos e outros bens.

Os papéis da barreira também tornam desnecessária qualquer laminação adicional. Isto significa que os materiais de embalagem fabricados a partir de matérias-primas renováveis podem ser reciclados no ciclo existente.